EX- Humanos: Entre Sangue e Vermes | Resenha #91


Oi Oi amigos
Tudo certo?

Já imaginaram com certeza como seria a nossa vida com zumbis. Acontece que com esse livro fica impossível desejar, mesmo se for uma pessoa que realmente curta o tema. Já vi muitas pessoas que desejam friamente o fim do mundo com esses 'monstros' a solta. Eu não consigo imaginar isso depois de ter lido EX- Humanos e você vai saber agora o porquê desse meu alarde.

Título: EX- Humanos - Entre sangue e vermes
Autor: Yan Troisi
ISBN: 9788542808995
Ano de publicação: 2016
Publicado por: Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 429
Onde Comprar: Novo SéculoAmericanasSubmarino.



Sinopse

A FOME SE ESPALHA pela cidade. Com a Terra devastada, entre zumbis e ruínas, os últimos mortais enfrentam a morte e o desespero sem imaginar que embaixo, como se no inferno, um Consilium de vampiros se reúne para caçá-los até as últimas consequências. O sangue fresco está acabando. E quando um misterioso assassinato acomete a frágil lealdade dos perpétuos, o líder protetor dos clãs, Kanaan, se vê numa trilha que o levará a tomar a decisão mais difícil de sua pós-vida. 
Perdidos entre os mortos e uma cidade-fantasma, sobreviventes lutam para proteger um grupo de crianças enquanto um de seus líderes, Noah, herda um fardo muito maior do que qualquer um pode carregar. 
Todos nessa guerra são ex-humanos, sejam crianças atormentadas, mortos reanimados ou imortais com sua gula de sangue e jogos sombrios. O amanhecer-eterno se aproxima. As peças começam a se mover rodeadas por névoa e chuva, escuridão e desespero. Sangue e vermes.


Já de início temos um personagem narrando em terceira pessoa do singular. Nada mais apático que isso em um thriller desses. Ned é um pai e está com sua filha num carro andando sem saber para onde em uma cidade totalmente abandonada, posso dizer assim, e dominada por seres estranhos. Ned está a procura de uma salvação e tudo que deseja é ver sua filha longe daquele lugar.


O inesperado acontece até que são atacados em um posto de gasolina, mas Ned consegue fugir ao ver muitos corpos tontos, cambaleantes ao rumo do carro. Ned entra no carro e só pensa em acelerar em pensamento do que vira pichado em muro: Quando os mortos voltam é hora de os vivos partirem!.
Aterrorizado com aquela frase, ele seguiu caminho até se deparar com um cadáver na pista cheio de deformidades, e tentar se desviar dele, capota o carro e vê o mundo girar, sua filha sangrando desmaiada, cheia de sangue e alguns mortos-vivos em sua direção. Suplica por ajuda a Deus e finalmente chega um herói. Noah chega com tudo atirando nos corpos e estraçalhando tudo. Ned apenas quer ver sua filha bem e faz de tudo para que ela não seja mais uma vítima como a sua mulher.


Pode ir calmando que nem dei muito spoiler. O mais bacana está por vir e tudo apenas começa agora. A história vai tomando uma forma que te faz querer apenas ler. Cheguei a imaginar que li esse livro numa hora errada. Vou explicar porquê. Eu tinha acabado de finalizar a série 'Van Helsing' e galera, é muito show em comparação a esse livro. Merecidamente, não sou de puxar o saco, vocês sabem, mas eu tirei literalmente o chapéu para Yan Troisi. Nãi sei o que passa na cabeça desse cara para escrever sobre algo eu já está criado, reinventar de uma forma pavorosa e ter esse resultado.


EX- Humanos é uma obra que envolve mais que zumbis. Há também criaturas como vampiros, com a o trabalho da divisão de clãs, rixas são montadas e o mais foda é que sempre, sempre, sempre... vai ter a turma mais lascada que é dos digamos, bonzinhos, que procuram pela salvação e felicidade para terem a cidade de volta. Acontece que aqui, também, é instaurado uma confusão de fazer você imaginar uma coisa, chegar lá na frente e modificar tudo.


Gosto desse tipo de livro que me faz odiar e adorar a cabeça desses autores. Por mais que como eu falei, uma coisa já consolidada, um assunto tão em alta, com grandes autores escrevendo 'The Walking Dead', imagino que seja um desafio estar com idealizações sobre esse tema. Fiquei aqui fazendo tantas comparações com a série 'Van Halsing' que chegava a ficar absorto por poderem dar uma chance a esse livro e incrementar para as telinhas.

Yan tem uma escrita original e é isso que o diferencia desses caras. A forma como relatar, com dificuldade, especificando tantas coisas que foram necessárias pra mim, se torna algo surreal. O cara explica tudo nos conformes do tempo sem sair do trilho. o livro é dividido. Em momentos estamos com o pessoal que tenta escapar e se livrar da morte, e em outros, com os vampirões malvadões que eu adoro. Adoro ver eles se dando mal.


A construção dos personagens foi magnífico. Deu pra perceber a estrutura formada nesses campos. Onde a derrota está, também há o recomeço de uma nova vida para os que buscam e são competentes ao que fazem. Eu adorei uma das personagens de muitos. Thelma foi uma das que mais me identifiquei e tenho certeza que quando ler, também ficará com dó ou sei lá, se sentir no lugar dela com tudo que ela passa.

Yan não é daqueles autores que fazem as coisas para nos satisfazer. Ele sabe dosar um pouco da bondade, e exagera na infelicidade. Que triste, Yan. EX-Humanos entrou para a minha lista de favoritos es está naquela área especial dos nacionais. Caso você tenha interesse em dar uma oportunidade, te digo que válido o investimento. Só mesmo lendo para saber e fazer parte desse esquema sensorial criado por Troisi.

Comentários

  1. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah... Eu amei tua resenha. Eu li esse livro alguns meses atrás e AMEI... ACHEI MAGNÍFICO uma das melhores leituras desse ano. Simplesmente sem fôlego com esse livro. É um daqueles que você quer gritar pro mundo ler. E estou DOIDO PARA A CONTINUAÇÃO.
    Parabéns pela resenha, não conhecia o blog

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Acabei de sair de um livro 'apocalipse zumbi vampiros' terminei ontem por sinal, e eu adoro livros assim, cheios de ação, onde morremos de medo pelos nossos personagens favoritos. Acho que já tinha visto o livro, mas não sabia do que se tratava, lendo sua resenha fiquei bem curiosa.

    ResponderExcluir
  3. ola tudo bom?! nossa que interessante a primeira vez q eu ouvi flar de um livro que envolve vampiros e zumbis e achei daora kkkkk e as paginas são bem poucas então não deve demorar para lê-lo, gostei bastante!!!

    -Abraços

    ResponderExcluir
  4. Apesar de gostar de zumbis não sei se gosto de toda a mistura que acontece nessa história. De qualquer forma, eu daria uma chance, nem que fosse para tirar minhas próprias conclusões.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Oi Jalysson, tudo bem?

    Não conhecia a obra, então já fiquei muito curiosa, pois adoro esse universo que o autor criou com vários elementos misturados. Isto consegue despertar minha atenção e curiosidade em um nível máximo. Parece-me um ótimo livro, com boas temáticas trabalhadas. Vai para a listinha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Vou indicar esse livro para o meu namorado, hahaha. Não é muito o meu estilo literário, mas pela sua resenha, acho que ele vai gostar!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais Visitadas do mês

Química Avassaladora | Resenha #90

UNBOXING - Turista Literário de Abril

Os Guardiões | Crítica

Balançando a Raba 2.0