O Pequeno Príncipe | Resenha #82


Li "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry (lançado há mais 70 anos em 1943) muitas vezes e a primeira leitura que fiz tem muito tempo; tanto tempo que nem lembro rs. O livro "original" já teve muitas edições e em 2015 foi teve uma adaptação cinematográfica. Como uma fã desvairada que sou, assisti na pré-estreia hahah Esse filme traz o livro de maneira ímpar, é como se o livro estivesse inserido no filme e tivesse um significado ampliado. Vocês precisam assistir. Dessa adaptação cinematográfica foi criado um outro livro... E é a história presente nele que vou compartilhar com vocês. 

Título: O Pequeno Príncipe - O livro ilustrado do filme
ISBN: 9788522032105
Autor: Valérie Latour-Burney
Ano de publicação: 2015
Editora: HarperCollins Brasil
Páginas: 29



Sinopse
Uma menina muito estudiosa está prestes a ter as suas férias viradas de cabeça para baixo por um velhinho bem diferente. É que ele guarda consigo uma história nunca antes contada: de um príncipe que veio de outro planeta em busca de um amigo. Você por acaso conhece essa história? Então, vamos ajudar a menina a se lembrar do que todos acabamos esquecendo? Um magnífico livro ilustrado, em edição luxuosa com capa dura, para reviver toda a magia e a emoção do filme O Pequeno Príncipe.

O aviador e a garotinha 

Resenha

A história é de uma garota que se muda para uma casa padrão (branca e retangular) ao lado de uma casa nada padrão (velha, cheia de cor, flores e pássaros) - o dono da casa combina em gênero número e grau hahah. A mãe dessa garota fez um plano de vida para ela e confia que a filha vai seguir essa programação e assim se tornar uma adulta perfeita, numa sociedade perfeita; envolve escovar os dentes, estudar, comer, dormir... Bem padrãozinho mesmo. ¬¬

Págs 22 e 23 do livro ilustrado
Para a menininha, tudo começa com um aviãozinho de papel que aterrissa em sua mesa de estudos e, ao abri-lo, ela descobre o início de uma história fascinante ao lado do desenho de um garoto louro de vestes verdes. Já descobriram quem é? Sim sim! Nosso pequeno príncipe. Ela é curiosa e decide visitar quem mandou o aviãozinho pra ela, o velho, e descobriu um vizinho simpático e acolhedor, diferente de todo o resto. Para a alegria e encanto dela, o aviador retoma a história do pequeno príncipe que já conhecemos. A raposa, a rosa, baobás, seu planeta...

Ao longo do livro/filme muita coisa acontece, e a vida tão cinzenta da garota começa a ficar cheia de cor com a ajuda do aviador. A mãe não gosta de nada disso, pois para ela o padrão importa e muito! Infelizmente, depois de mais um trecho da história o aviador sente-se mal e é levado para o hospital. Nessa noite, ela toma uma decisão: o aviador precisa do pequeno príncipe e ela vai encontrá-lo! Sua aventura a leva por caminhos desconhecidos e por vezes sente medo mas tudo bem porque ela tem um bom motivo. Conhece o Sr. Príncipe, nosso pequeno príncipe que se tornou uma pessoa grande! Como pode? Ela tenta lembrá-lo das coisas que realmente importam e o leva para o asteroide B 612, onde ele recorda que só se vê bem com o coração.

Pág. 28 do livro ilustrado 
Claro que não é fácil fazer as pessoas lembrarem do essencial, das coisas que realmente fazem bem, mas é muito importante enxergar a transição do Sr. Príncipe (adulto padrão) e o Pequeno Príncipe novamente. Em um momento, todos nós passamos de criança para adulto, mas as vezes é necessária a transição inversa.  E foi isso que entendi do livro/filme. Já de volta, a garotinha vai visitar o aviado e o ouve dizer você será um adulto formidável. O que eu digo para todos que leram, estão lendo e quem ler este livro: sejam mais que adultos formidáveis, sejam adultos que se lembram do que é ser criança. Que amam e sentem tristeza de intensidade arrebatadora, porque o mundo não precisa ser preto e branco.  A vida é cheia de tristezas e coisas ruins mas escolhemos como lidar com isso.

O aviador e o pequeno príncipe
O Pequeno Príncipe - O livro ilustrado do filme é um livro de linguagem simples e acolhedora, como se tivesse sido feita especialmente para ler pra uma criança à noite. Tem 29 páginas e as letras são de tamanho médio; em todas as páginas temos imagens do filme e me deliciei com isso... Aposto que muitas crianças amaram também! Além disso, é bem colorido, cada par de página tem uma cor (laranja, azul, vermelho, preto, verde).


Tenho algumas informações: (1) o filme é bem diferente dos livros, o que não me deixou surpresa; (2) o livro ilustrado do filme resumiu bastante a adaptação cinematográfica, de forma que o livro é uma adaptação da adaptação, não é bem um problema mas o livro não é uma substituição pra quem quer assistir o filme.

#  #  #  #  #  #  #  #  #  #  #  #  #  #  #  #  # 

Recomendo esse livro para crianças, adultos que perderam sua criança anterior e adultos que estão agarradinhos com sua criança anterior. Para o primeiro grupo, porque essa história é dedicada a vocês; para o segundo grupo, porque vocês precisam mais do que ninguém; e para o terceiro grupo, para que se lembrem de cativar coisas e pessoas boas.

Onde encontro o livro O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry? Aqui ou aqui.
Onde encontro o livro ilustrado do filme O Pequeno Príncipe? Aqui ou aqui.

Onde encontro o filme O Pequeno Príncipe? Aqui.

Comentários

  1. Que alegria ler isso. Mais uma que insiste em me lembrar desse livro que nunca li, mas está breve em! Essa resenha foi só uma confirmação de que devo ler.

    ResponderExcluir
  2. Que interessante essa adaptação! Não cheguei a assistir ao filme, mas me interessei bastante e vou procurar ver essa mudança do livro original (que li e adoro!) para o filme e, então, para o livro ilustrado. Muito obrigada pela dica! <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro o livro original e me apaixonei pelo livro adaptado. Tenho certeza que você não vai se decepcionar com o filme! Pode assistir confiante hahah Beijos!! ^^

      Excluir
  3. O pequeno príncipe é um livro inesquecível para quem lê né, ainda não vi esse filme e não sabia que ele tinha virado esse livro. Mas me parece uma versão da história muito linda e uma ótima forma de divulgar a obra para os mais novos. Adorei o post! bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou o tipo de leitor que curte adaptação cinematográfica, mas não consegui imaginar uma forma mais completa de desvelar o livro original. E realmente, os pequenos saíram ganhando com essa edição do filme! Que bom que tu gostou da resenha!! Coloca o Blog na sua barra de favoritos e confira muito mais conteúdo! ^^ Beijos!

      Excluir
  4. Olá!
    Eu sou aquela pessoa que, estranhamente, nunca leu O Pequeno Principe... Acho que nunca me despertou grande interesse. Nem mesmo na escola, quando foi leitura obrigatória, eu não li e apenas sei aquilo que a professora falava nele. Desde muito nova que li coisas bem "fortes", eheh.
    Mas esta sua resenha ficou um mimo, e acredito que a história seja boa sim, não para mim, talvez...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou particularmente apaixonada por temas mais "pesados", percebe-se por resenhas anteriores hahah Mas eu tenho um amor enorme por esse livro, ele conseguiu me desarmar numa época que eu levantei muitos murros... O livro original é maravilhoso demais e, se você não se adapta à essa adaptação tenho certeza que irá reconhecer os ensinamentos do original. Obrigada pelo comentário sincero =] Adorei a parte do "mimo"... Não recebo esse elogio de forma frequente Hahah

      Excluir
  5. O Pequeno Principe é um dos meus livros favoritos , li inúmeras vezes e fiquei encantada quando assisti o filme. Muito amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito amor mesmo! Compartilho essa mesma paixão... Imagino se outros livros de Saint-Exupéry são tão cativantes assim... :)

      Excluir
  6. Muito boa a resenha! Assisti o filme umas semanas atrás e não gostei tanto quanto achei que iria gostar. As animações e a história até que me encantaram, embora o livro seja insuperável, o problema, na minha opinião, é que o melhor do filme, que é a história do menino príncipe, ficou em segundo plano.

    Isso me incomodou. Quiseram fazer um filme muito diferente do original e acabaram fugindo da essência da história.

    Belo trabalho, Caroline.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encarei o filme como uma real adaptação cinematográfica e não a simples transformação do livro em filme... Fiquei ao mesmo tempo perdida e encantada pelo filme porque não sabia o que esperar dele - sabia que a história do Pequeno Príncipe ia surgir mas não como. Acredito que a essência continuou lá, sendo percebida na importância de ser cativado, no amor pela Rosa e ainda na visão infantil do Pequeno Príncipe espelhada na menina.

      Sim, foi um trabalho bem diferente mas que me deixou apegada da mesma forma. Obrigada pela opinião sincera e pelo elogio... Volte sempre!! <3

      Excluir
  7. Que post mais fofo! Amei saber sobre o livro/filme e ice fez uma ótima resenha dos mesmos. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aain, que fofa você! kkkk Obrigada... Está super convidada pra voltar ao blog e ler mais resenhas e críticas e algumas doideiras que eu compartilhar aqui! Bjos =*

      Excluir
  8. Juro que estava pensando em fazer uma resenha falando do livro e do filme e do que achei das modificações! Que coincidência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gênios e loucos pensam de maneira semelhante! Sinta-se à vontade pra contar sua opinião aqui. ;)

      Excluir

Postar um comentário

Mais Visitadas do mês

Pequenos Homens Livres | Resenha #92

EX- Humanos: Entre Sangue e Vermes | Resenha #91

Missão Fênix - A Outra Guerra | Resenha #93

Balançando a Raba 2.0

Os Guardiões | Crítica