Nimona | Resenha #77


Oi Oi amigos
Tudo bem?

Imagine ser uma pessoa com o dom de poder se transformar na criatura que quisesse? Nimona é uma jovem que consegue isso. Vem se aventurar na história dessa menina cheia de mistérios e com apenas um desejo: Ajudar!

Título: Nimona
Autor: Noelle Stevenson 
ISBN: 9788580579024
Ano de Publicação: 2016
Publicado por: Editora Intrínseca
Páginas: 272
Onde Comprar: AmazonSubmarinoSaraiva.





Sinopse

Nimona é uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas ela não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão.
Até conhecer Nimona, Ballister fazia planos que jamais davam certo. Felizmente, a garota tem muitas sugestões para reverter esse quadro. Infelizmente, a maioria envolve explosões, sangue e mortes. Agora, Coração-Negro não só tem que enfrentar seu arqui-inimigo e ex-amigo, o célebre e heroico Sir Ambrosius Ouropelvis, mas também impedir que a fiel comparsa destrua todo o reino ao tentar ajudá-lo.
Uma história subversiva e irreverente que mistura magia, ciência, ação e muito humor sobre camadas e mais camadas de reflexão – entre uma batalha e outra, é claro.

Resenha

Nimona chega a casa de Ballister, um vilão que planeja de tudo para se vingar de um passado temeroso. Se auto candidata para ser parceira do vilão e não deixa que a ideia escape. Faz de tudo e mostra para ele que é merecedora do cargo sem nem mesmo pestanejar. Já de cara ela recebe uma missão e palpita em algumas mudanças de que poderia finalmente levar a vitória de uma batalha. Nimona não se segura e tudo que pensa é em fazer o estrago sem ver as consequências. Até que Ballister conta toda verdade de querer tanto se vingar de Ambrosius, seu ex-amigo e parceiro desde a juventude.


Esse livro é muito interessante. Para começar, é o primeiro livro que leio em formato de história em quadrinhos da Intrínseca. Achei sensacional a história ser produzida assim por Noelle. Vamos considerar e já dizer que a autora colaborou com publicações da Disney, Marvel e DC Comics. Então o que esperar disso? Apenas cisa boa e bem feita. E foi assim que criou "Nimona". Uma personagem diferente, uma anti-heroína que com certeza, faz qualquer leitor dar altas risadas com suas prosas. 


O fato de possuir o poder de metamorfose não é limitado. Nimona tem um segredo escondido difícil de ser interpretado. Logo de cara temos a sua aparição sem nem mesmo saber quem ela realmente é. Alguns livros dão certo usando essa tática e Noelle está de parabéns, porque realmente funcionou.



O livro tem seus momentos de aventura quando há os encontros de Ballister e Ambrosius. Um humor é instaurado e difícil de não ter aquele momento de distração. Também há lógico a grande dúvida durante a leitura de qual o verdadeiro significado dessa parceria. Não posso deixar também, de mencionar uma personagem de grande importância, a diretora. Uma personagem que temos uma falsa impressão.



Os personagens tem um crescimento lógico e leva tudo a ser de boa instância. Infelizmente não é de todo um livro para se ler e ficar de boa. Noelle criou uma extensão perfeita para a história com um final surpreendente e uma explicação de que tudo chega e tudo vai com facilidade. 


A edição está maravilhosa com papel couché fosco, o que deixou o livro pesadinho e mais charmoso. A capa linda, linda onde mostra nossa querida Nimona juntamente com Ballister a direita e Ambrosius a esquerda. As gravuras dos animais que Nimona pode se transformar ao fundo brilhosos <3.


Se você quer ter uma leitura agradável e rápida, sugiro que leia esse. Se pegar para ler em uma tacada, lhe dou uma hora ou até menos. 

Eu espero que tenham gostado, comentem aqui em embaixo se já leu, ou se pretende ler.
Até a próxima ;*

Comentários

  1. Sempre imaginei ter esse poder... Ia amar!!! Esse livro me ganhou e nem mesmo o li. Ele é diferente e adorei o modelo dele. Não leio quadrinhos há muito tempo e sinto que com esse livro posso voltar a esse hábito. =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Rebeca. É realmente muito bom. Bem diferente e uma história atraente. Vale a leitura.

      Excluir

Postar um comentário

Mais Visitadas do mês

Edgar Allan Poe | Resenha #89

Os Guardiões | Crítica

Eu, Robô | Resenha #88

Obsessões por Livros | TAG

Stranger Things - 1° Temporada