UNBOXING - Turista Literário de Setembro


Oi Oi amigos
Tudo certo com vocês?

Eu estou muito contente em poder compartilhar aqui com todos o primeiro unboxing do blog. Esse mês tive uma experiência horrível com os correios e uma decepção grandiosa. Eles me fizeram o favor de enrolar tentando fazer a entrega de dez dias e nada. Eles alegavam problemas operacionais e aquilo foi me dando uma angústia que no outro dia acordava pensando "É HOJE". Chegando no fim que recebi e vocês não merecem ler isso. Vamos para o que interessa e saber o que veio na malinha de Setembro.
As meninas organizadoras dessa assinatura não deixam de me surpreender. Minha primeira mala veio com coisas lindas ao qual já devem saber porque elas postaram na página do projeto. A experiência que tenho todo mês com isso me empolga a cada item que pego na mão e digo "PORRA, COMO ESSAS GURIAS SÃO FODAS". Ainda não li o livro de Setembro (nem dos outros) por falta de tempo, mas tenho certeza que vou adorar ter os objetos tocáveis enquanto leio os livros.

Se ainda está perdido, o Turista Literário é um projeto que nos trás tipos de viagens as quais, nós, leitores, fazemos com todos os livros. As meninas que tiveram a ideia, fez com que tivéssemos esse acesso direto com objetos que tenham relação com a história que se é narrada no livro. Vocês vão entender isso agora.


Ao abrir a caixa, nos deparamos com um cuidado ao montar que da pra ver todo o amor que as meninas colocam nisso.


O primeiro item que vemos, é esse:



Um Guia de viagem que já vemos o local onde se passa a história e pra onde embarcaremos. Dessa vez, vamos para Pérsia. Quando abrimos recebemos um bem-vindo com uma explicação breve do livro e tem também um selo do lado esquerdo. Esse selo a gente prega no nosso passaporte que recebemos na primeira malinha (só recebemos um).

Ao abrir a próxima etapa da mala, podemos ver o Kit de sobrevivência no deserto:


Há séculos, o sal vem sendo usado como método de sobreviver no deserto. "O guarda me passou uma vasilha de sal, uma pequena caixa ornamentada que carregava na cintura. Dentro, havia o mineral precioso que nos manteria vivo no sol do deserto. Lambi o dedo e o cobri com os grossos grãos brancos. O guarda me passou o odre de água novamente. Bebi mais goles dessa vez."

Esses itens entram nos quesitos de tato e paladar. Podemos tocar algo que a personagem descreveu no livro. Isso é muito maneiro. Enquanto ela lambe o sal, você lambi junto. HAHAHAHAHA.

O próximo é o Incenso Mistérios do Oriente:


"Foi uma brisa que me acordou, o ar adocicado intocado pelo forte incenso. Por um momento, esqueci onde estava, mas então a criada colocou uma badeja ao lado do meu travesseiro e eu lembrei."

Mais um para saborear é o Figo Doce do qars de Lo-Melkhiin:


"Então me levaram até o jardim no qasr, (...) Havia uma cesta de figo e um jarro de água à nossa frente." / "Quando pequenas, éramos sempre recompensadas com figos cristalizados por derramar pouca água enquanto caminhávamos."

Souvenir de viagem: Squeeze para se hidratar!:


Para enfrentar o calor do deserto é fundamental se manter hidratado(a)! Um squeeze com uma arte exclusiva que mostra detalhes da obra. "A história terá significados diferentes para pessoas diferentes. (...) Existe a vida, e existe o viver... e foi isso o que ela aprendeu."

Temos também uma playlist bem bacana. Tem um QR Cod que copiamos e já tem uma playlist preparada para o mês, relacionada ao livro.

E o tão esperado, Livro As Mil Noites, de E. K. Johnston:


Não fazia a mínima ideia de que esse livro existia e isso me possibilita as novidades. É muito bom receber essa malinha.

O passaporte que citei acima, é esse:



Espero que tenham gostado do primeiro unboxing e com certeza, outros virão. Fiquem com uma foto em conjunto de tudo que viram.
Até a próxima. ;*



Comentários

Postar um comentário

Mais Visitadas do mês

Pequenos Homens Livres | Resenha #92

EX- Humanos: Entre Sangue e Vermes | Resenha #91

Missão Fênix - A Outra Guerra | Resenha #93

Balançando a Raba 2.0

Os Guardiões | Crítica