Garota Exemplar | Resenha #34


"Não quero ser mais um exemplo de menina, 
porque não adianta agradar o mundo todo e eu mesma ficar infeliz"

Título: Garota Exemplar
Autora: Gillian Flynn
Publicado por: Intrínseca
Ano da publicação: 2014
Número de páginas: 448

SINOPSE
   Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente, trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite.
   Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy -, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino?
   Com sua irmã gêmea, Margo, a seu lado, Nick afirma sua inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?



O que eu achei do livro:
          Foi o primeiro livro que li dessa autora maravilhosa, que também escreveu Objetos cortantes. Gillian Flynn constrói uma narrativa misteriosa, envolvente e assustadora.

          Nick e Amy pareciam ter um bom casamento em que, a cada ano, a amada esposa fazia um caça ao tesouro para o querido marido, que buscava pistas até encontrar seu presente. Cada ano do casamento tem um elemento, como madeira, papel ou ferro.
          No princípio, parece que houve a maior violência na casa do casal, em que há cenas de luta e Amy está desaparecida. Nick, apesar de não estar em casa no momento, é o principal suspeito do crime.
          O livro narra alternadamente entre Nick no presente e o diário de Amy. Cada capítulo diverge sobre o comportamento um do outro. É até difícil saber quem mente e quem é o que sofre com traições do casamento. Admito sentir raiva do Nick, pelas – pequenas e grandes – coisas que ele fez, mas isso eu senti pela narrativa da Amy.
          Também confesso que eu nunca esperaria o final que teve. Foi a maior reviravolta, com direito a garrafas de vinho usadas como arma, polícia ficando dividida, pais aproveitadores, mais e mais mentiras.
          Por fim, não há muito o que dizer. A trama é incrível, apesar de eu não gostar de capítulos alternados. Nick, Amy... Eles são completamente lindos juntos, mas totalmente opostos. Como um casamento assim pôde sobreviver?

“Eu geralmente não falo as coisas em voz alta, mesmo quando eu deveria.”

Comentários

  1. Garota Exemplar mostrar ser um suspense incrível, e por eu gostar muito de tramas cheias de reviravoltas e mistérios, ele já está fazendo parte de meus planos de leitura para este ano. E saber o quanto te surpreendeu, principalmente o final, muito me anima para começar o mais breve possível a leitura.
    Bjs, Babi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ótimo suspense, essa autora é simplesmente incrível! Cada detalhe é importante, e tudo é verdade e mentira ao mesmo tempo. Leia sim!
      Beijos!

      Excluir
  2. Só pela sinopse, já consegui imaginar um filme.... parece ser um ótimo livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não vi o filme - ainda -, mas pelo que me dizem, o livro é melhor para o entendimento da história.

      Excluir
  3. Oiiee,
    Eu estou louca para ler o livro, vi ao filme e fiquei de queixo caído, espero ter a oportunidade de ler esse livro e outros da autora em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila!
      Não vi o filme, mas eu amo o livro! Se você gostar de Garota Exemplar, leia Objetos Cortantes, da Gillian também. Tenho certeza de que vai adorar!
      Beijos!

      Excluir
  4. Eu amo esse livro. Intenso e inteligente.

    ResponderExcluir
  5. Os personagens parecem muito bem construídos e a trama fascinante, estou louco para ler esse livro! O sucesso que esse livro é até hoje me impressiona :D Amo histórias de suspense e romances policiais, e esse parece incrível. Ansioso p/ poder ler. Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais Visitadas do mês

Os Guardiões | Crítica

Serial Killers - Anatomia do Mal | Resenha #95

Edgar Allan Poe | Resenha #89

Balançando a Raba 2.0

It - A Coisa | Crítica