Hemlock Grove | Resenha #25


Olá Pessoal!!!

Quero começar dizendo que este livro se tornou uma série do Netflix de mesmo nome. Eu assisti a série primeiro e ao ler o livro vários pontos que eu não havia entendido ficaram claros com a leitura. 


Editora: Leya
ISNB: 9788580448221
Ano: 2013
Páginas: 340
Autor: Brian McGreevy








Sinopse
Para você que está cansado de livros de vampiros e lobisomens inofensivos e sensíveis... Um mistério abala a cidade de Hemlock Grove. Quando Brooke Bluebell, uma jovem de 17 anos, é brutalmente assassinada na antiga siderúrgica de Godfrey numa noite de lua cheia, as suspeitas rapidamente recaem sobre Peter Rumancek, o jovem cigano que muitos acreditam ser um lobisomem, e Roman Godfrey, o esnobe milionário herdeiro da fábrica onde o corpo de Brooke foi encontrado. Injustiçados, Peter e Roman resolvem unir forças para descobrir o verdadeiro assassino e provar que são inocentes. A caçada começa quando outras mortes passam a ocorrer – também em noites de lua cheia - e os jovens começam a desconfiar que estão mais envolvidos com o caso do que poderiam imaginar... Em “Hemlock Grove” os arquétipos de monstros clássicos são recriados de forma inovadora e eletrizante. A cada página, o mistério se intensifica, envolvendo o leitor numa trama de horror surpreendente, indicada para aqueles com estômago forte.

Resenha
Peter é um cigano recém chegado a cidade de Hemlock Grove que juntamente com sua mãe ocupam o trailer que era de seu falecido tio (falecido e logo após degolado por Peter por razoes óbvias!!!). Roman Goodfrey é o herdeiro de praticamente toda a cidade e em breve será presidente do Instituto Goodfrey ( a Torre Branca onde são realizadas várias experiências das quais sabemos muito pouco). Enfim, Peter e Roman logo se tornam amigos devido ao assassinato que ocorre de uma jovem de 17 anos. Aparentemente ela foi atacada por um animal e o corpo foi encontrado em terras Goodfrey. As suspeitas recaem sobre os recém amigos e eles resolvem desvendar o mistério. Peter é um Lobisomen e Roman ainda não sabe bem o que é, mas suas estranhas manias e poderes (como o de controlar mentes) nos dizem que ele é um Upir ( um vampiro do folclore Eslavo/Romena que nasce envolto de coifa e não sabe o que é até crescer passar por um trauma forte e matar o seu lado humano sobrando apenas o lado Upir que é uma mistura de bruxo com demônio). Vários outros assassinatos com o mesmo perfil acontecem e os amigos procuram pistas e pessoas que podem ajudar a desvendar as mortes, como a prima de Peter, Destiny que consegue ver o passado e ainda possui ter premonições do futuro.
Entre as demais excentricidades estão a prima de Roman, Letha Goodfrey que fica grávida de um anjo e apaixonada por Peter; Olivia Goodfrey mãe de Roman e de Shelley que é uma mulher que está viva a muitos século, não morre com um tiro no peito e come carne crua; Shelley Goodfrey irmã mais nova de Roman que tem um corpo imenso que brilha em determinados momentos (parte de suas células são compostas de fósforo) e de aparência não muito agradável.

Minha Crítica sobre o Livro
Primeiramente quero dizer o quanto sou apaixonada pela Shelley que é sem dúvida a melhor personagem na minha opinião. O autor conseguiu construir muito bem esta personagem ao longo da história e ela não deixa a desejar em nenhum momento. Agora falando do livro como um todo: O autor tem um tipo de escrita hora confusa, hora complexa que em alguns momentos você precisa reler para conseguir ajuntar todas as peças. No decorrer da trama outros personagens são inseridos, mas todos apresentam sua dose de mistério. Eu acredito que o livro e a série se completam visto que muitas passagens do livro são melhor entendidas ao assistir a série e outras são melhor contadas e detalhadas no livro do que na série como a história do “Dragão” (sim, além de Lobisomen e Vampiro/Upir ainda tem a frase dita em vários momentos do livro e da série: “Hoje eu vi o Dragão”).
Para terminar deixo vocês com uma frase para se refletir: “Deus não quer que você seja feliz, Ele quer que você seja forte”.

Comentários

  1. Fiquei interessado no livro (e na série) depois da resenha, amo histórias desse gênero literário. Os personagens parecem ser bem construídos, isso me deixa ainda mais curioso ;) Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura tensa e pesada, uma série em muitos momentos difícil de entender, mas vale a pena.

      Excluir
  2. Oi!
    Ainda não conhecia nem a serie nem o livro, mas não pensei que fosse gostar tanto a historia me surpreendeu e me deixou muito curiosa, gostei dos personagens e desse mundo que o autor cria se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em uma cidade do interior, do nada tem uma instituição de última geração fazendo várias experiencias e a gente fica sem saber se os personagens são fruto dessas experiencias ou não... Olivia Godfrey é exemplo disso....

      Excluir
  3. MENTIRA QUE TEM UM LIVRO DESSA SÉRIE! MENTIRA!!!!!!

    Nossa, eu amei a série (Shelley é realmente a melhor personagem, seguida talvez do médico aquele que eu esqueci o nome hahahaha, mas o Peter é meu Crush de série hahaha) e agora quero totalmente ler o livro. Espero ter a oportunidade logo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Johann Pryce, gosto dele ainda mais na segunda temporada... que infelizmente não tem livro. :'(

      Excluir
  4. Já ouvi falar da série , no futuro, pretendo assisti-la. Não sabia que tinha sido originada de um livro e agora estou com mais vontade de ler/assistir. Gosto muito de séries que tenham bastante mistérios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mais informações: http://papogeek.com.br/analise-hemlock-grove/

      Excluir
  5. Nunca tinha visto nada da série nem do livro, com certeza vou ler e depois assistir a série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se quiser mais informações: http://papogeek.com.br/analise-hemlock-grove/

      Excluir
  6. Simplesmente não recomendo esse livro para qualquer pessoa que tenha a intenção de ter uma leitura agradável, pois é uma história bem aprofundada e com certas cenas intragáveis. Contudo, se o objetivo é um livro com uma capa bonita para enfeitar a estante esse livro atende a essa função.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não indicada para pessoas que não conseguem lidar com cenas fortes, tem muito medo ou que não gostem de séries sobrenaturais. Além disso, é um tanto confuso e as coisas só ficam mais claras a partir da segunda temporada. Ou seja, se a pessoa é impaciente para descobrir tudo, não é aconselhável.

      Excluir

Postar um comentário

Mais Visitadas do mês

Desafios | Jalysson Waldorf - Parte 1

It - A Coisa | Crítica

Balançando a Raba 4.0

IMPORTANTE. LEIA!

Missão Fênix - A Outra Guerra | Resenha #93