O Clã dos Quatro Guerreiros | Resenha #10

Olá galera.
Tudo nos conformes?

Vamos para a resenha sem perder tempo :)



Título da obra: O Clã dos Quatro Guerreiros
Nome do autor: Diego Martins Ribeiro
Publicado por: Novo Século
Estado e ano de publicação: SP - 2014
Número da páginas: 391





Sinopse

    Quatro jovens com aparentemente muito pouco em comum seguem em um antigo carro vermelho-sangue por uma estrada deserta. Nada indica que qualquer tipo de perigo possa estar em seu caminho naquela pacata noite. No entanto, após se depararem com uma esfera de luz e sofrerem um estranho acidente, Gabriel, Henrique, Débora e Beatriz acordam em um lugar desconhecido, onde tudo parece possível. Em meio a personagens e paisagens surreais, como o monte de rochas flutuantes e a perigosa fera da Gruta Sombria, eles encontram pistas de como podem voltar para casa, e se assombram com as coincidências que envolvem sua chegada a Enoua, como se essa já fosse esperada por alguém misterioso.
   Em uma incrível jornada que os fará conhecer mais sobre si próprios e aqueles que sempre estiveram à sua volta, eles irão descobrir que Enoua não é simplesmente um mundo distante, e que é preciso muito mais do que armas raras, amuletos cheios de segredos e armaduras indestrutíveis para se tornar um verdadeiro Guerreiro.







Resenha

O Clã dos Quatro Guerreiros é o primeiro livro da série Enoua. Esse livro é cheio de fantasia e tem uma linguagem fácil de ser interpretada.

Gabriel é um jovem super comum, estudante de uma faculdade pública e está mais uma vez naquele dia cansativo e não via a hora de ir embora pra casa. A vontade de seu pai é fazer com que ele siga carreira com negócios de família mas Gabriel não tem nenhum interesse. No fundo almeja criar seu próprio jogo e seu pai odeia sua ideia. Chegando em casa falou com sua mãe e foi direto para o quarto continuar seus desenhos (escondido) para a criação do jogo. Após algum tempo, sua mãe entra no quarto e o avisa que tem visitas. Gabriel fica curioso, não estava esperando ninguém. Ao chegar a sala ele pode ver Beatriz. 

Beatriz é irmã de Henrique e é vizinha de Gabriel há anos. Sempre pedia favores pra ele, mas não tinha um elo de amizade. Como já esperado, Beatriz o pede mais um favor. Desda vez ela pediu para que Gabriel levasse seu irmão para lecionar aula de língua estrangeira em uma escola (Henrique e Beatriz não tem uma relação agradável com os pais). Gabriel então decide levar seu vizinho mesmo depois de discutir com o pai e os irmãos por fazer mais um favor aos vizinhos que nem se importa com ele.

Naquela noite, já estava na porta da casa dos vizinhos para que pudesse colocar o pé na estrada. Além de Henrique, Beatriz também decidiu ir para fazer companhia aos meninos, mas com ela também iria sua amiga Débora. Depois de algum tempo na estrada a caminho de seu destino uma esfera roxa aparece na frente do carro e os deixam curiosos e de uma vez essa esfera vai se aproximando com muita velocidade e bate no carro. Eles ficam praticamente em uns devaneios e uns flash-backs de suas vidas. 

Acordando em outro lugar super esquisito, os quatro podem ver que não estão mais no carro e que estão com vestes brancas e não entendem nada do que está acontecendo. Procurando por respostas eles passam por momentos "aterrorizantes" nesse lugar, tem experiências inacreditáveis e com certas coincidências eles podem ver que a partir dali suas vidas mudariam para sempre.

Após andarem por um lugar cheio de maravilhas e passarem por obstáculos, eles encontra uma pessoa e fazem perguntas que ele não consegue entender. Sem saber muita coisa ele leva os quatro a uma aldeia e é a partir dali que sua vidas mudam com respostas incríveis. 












Sobre o Autor


   Diego Martins Ribeiro, nascido em 1988, cresceu em uma cidade do interior de São Paulo, Itápolis, mais precisamente em seus pequenos distritos, Tapinas.   Mesmo com o desejo de seguir a profissão de contar histórias surgido na infância, formou-se em Processamento de Dados pela Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC), e já trabalhou como professor de inglês, técnico em suporte e monitor de informática. No entanto, nunca deixou de escrever. O Clã dos Quatro Guerreiros é o primeiro livro do autor, que almeja dar continuidade à série "Enoua".

Sigam as Redes Sociais do Autor:  Facebook
                                                           Instagram
                                                           




                                                                 Até a próxima galera!!
                                                                         Se cuidem. ;)

Comentários

Mais Visitadas do mês

Pequenos Homens Livres | Resenha #92

EX- Humanos: Entre Sangue e Vermes | Resenha #91

Missão Fênix - A Outra Guerra | Resenha #93

Balançando a Raba 2.0

Os Guardiões | Crítica